Fazer o que com as tarifas bancárias?

Até meu cérebro pegar no tranco…

Moedas
Creative Commons License photo credit: Goldemberg Fonseca

Para você ver como as vezes a gente lê sem enxergar as coisas sem parar para pensar… Li a notícia na Agência Brasil que dizia “Padronização dos nomes de tarifas bancárias facilitará comparação, diz técnica do Procon“. Logo depois de ler a reportagem pensei:

-Legal! Precisava disso mesmo, as tarifas estão com preços absurdos!

Mas daí logo me veio a mente: :-?

-Ué! Mas isso ai não é o tal de “cartel“? Quando todos combinam de usar o mesmo preço para explorar nós os pbroes pobers porbe pobres cidadãos? Put’z mas daí não pooooooode! E ainda por cima o PROCON apoiando esta idéia, que coisa… 8O

Hahaha, depois de alguns minutos e duas xícaras de café depois, acho que meu cérebro começou a funcionar, daí entendi o bug na minha interpretação de texto…

Na verdade por determinação do Conselho Monetário Nacional (CMN), os bancos terão que padronizar os nomes das tarifas cobradas pelas instituições de seus correntistas.
Vale ressaltar que isso não tem a ver com o valor das tarifas. Na realidade o valor das tarifas continuam a mercê dos bancos, ou seja, cada banco diz quanto vai explorar cobrar pela tarifa, o que muda, ou melhor, o que vai ficar IGUAL para todos os bancos são os nomes das tarifas para que nós não confundamos alhos com bugalhos. Como eu tinha acabado de fazer… affff. também logo pela manhã é fogo… :-P

Espero que isso melhore um pouco nossa relação com os bancos, pois toda vez que preciso utilizar um serviço bancário, tenho a sensação de estar sendo enganado por aquele nomezinho safado da tarifa, que as vezes não explica nada… e pesa muito no bolso. :-|


0 Responses to “Fazer o que com as tarifas bancárias?”


  • No Comments

Leave a Reply

*