Aftas e afins… fazer o quê?!

Tá com afta? Paciência… :-(

Sabe aquela “feridinha” que de vez em quando surge em nossa boca?! Essa é a tal da afta! Se tem uma coisa que incomoda qualquer um é sem dúvida uma afta na boca. Mas como isso aparece? As vezes pode acontecer por acidente, de repente na pressa de mastigar acabamos por morder nossos lábios e logo aparece aquela ferida em forma manchinha branca que dói, dói e incomoda demais por dias a fio… uma verdadeira eternidade até ela desaparecer completamente. E para entender de fato o que é uma afta, o site “boaSaúde” apresenta uma boa definição a respeito:

[...] As aftas são pequenas úlceras dolorosas que aparecem na mucosa da cavidade bucal. Seu aspecto é de uma mancha esbranquiçada redonda com uma auréola avermelhada. É comum que se formem sobre o tecido macio, particularmente no interior do lábio ou da bochecha, sobre a língua ou no céu da boca e, raramente, na garganta. [...]

Além disso existem vários tipos de feridas e de enfermidades bucais. As mais comuns são o herpes simples, a leucoplasia (placa branca) e a candidíase (sapinho).

Afta (no círculo azul) na mucosa do lábio inferior.

Afta (no círculo azul) na mucosa do lábio inferior. (Wikipedia)

E porquê as aftas aparecem? Segundo a gastroenterologista Maria de Lourdes Teixeira da Silva, do Hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo, em entrevista ao caderno “Equilibrio” da Folha Online, explica:

[...] Ainda não está comprovado o porquê do aparecimento das aftas. Alguns fatores, no entanto, podem ser levados em conta. “A tendência recente no meio médico é acreditar que o próprio sistema imunológico da pessoa cause essa destruição”, diz Maria de Lourdes. Pode haver ainda alguma predisposição genética para o problema ou influências hormonais. Quem sofre de úlceras causadas por uma bactéria chamada Helicobacter pylori apresenta aftas associadas ao problema.

Muitos acreditam também que alguns alimentos, especialmente os mais azedos, causam afta. “Esses alimentos, como o abacaxi, que é ácido, podem servir de gatilho para o aparecimento das aftas, sem ser necessariamente a sua causa”, afirma a gastroenterologista do Beneficência Portuguesa. O estresse também é apontado como fator desencadeador do problema, embora ainda não haja comprovação nem justificativa.

Como as causas podem ser várias e elas ainda estão indefinidas, o tratamento fica prejudicado. Maria de Lourdes afirma que as lesões são autolimitadas, ou seja, se curam por elas próprias, e a cicatrização ocorre num período entre sete e 14 dias. [...]

E como curar isso?!

Conforme o artigo “O que são Aftas e Lesões Bucais?“, as recomendações sobre como tratar irritações ou lesões bucais, são:

  • Aftas — quase sempre desaparecem depois de 7 a 10 dias, e as erupções recorrentes são as mais comuns. Para um alívio temporário, pode se aplicar pomadas analgésicas. A lavagem com enxagüantes antisépticos pode ajudar a reduzir a irritação. Às vezes, prescreve-se antibióticos para reduzir uma infeção secundária.
  • Herpes simples — as bolhas geralmente desaparecem em uma semana. Como não existe cura para as infecções herpéticas, as bolhas podem reaparecer em momentos de instabilidade emocional, exposição ao sol, alergias ou febre. Anestésicos tópicos podem proporcionar um alívio temporário. Os medicamentos antivirais, vendidos com receita médica, podem reduzir este tipo de infecção. Consulte seu médico ou dentista.
  • Leucoplasia — o tratamento começa com a remoção dos fatores que causam as lesões. Para alguns pacientes isto significa deixar de usar tabaco. Para outros, significa remover as dentaduras mal ajustadas e substitui-las por dentaduras apropriadas. Seu dentista fará o acompanhamento do tratamento, com exames em intervalos de três a seis meses, dependendo do tipo, local e tamanho da lesão.
  • O tratamento da candidíase — consiste em controlar as condições que causam o seu aparecimento.
    • É importante limpar as dentaduras para evitar os problemas causados por elas. Remover as dentaduras antes de dormir também pode ajudar.
    • Se a causa for um antibiótico ou um anticoncepcional oral, a redução da dose ou a mudança do tratamento podem ajudar.
    • Produtos que substituem a saliva deixam a boca mais úmida.
    • Medicamentos contra fungos podem ser usados quando a causa principal é inevitável ou incurável.
    • Em todos os casos, a boa higiene bucal é essencial.
Fontes:
Folha Online: “Aftas desaparecem mesmo sem medicação“;
Site Colgate:”O que são Aftas e Lesões Bucais?“;
Site boaSaúde: “Aftas Bucais: Tipos, Diagnósticos e Conselhos Para Aliviar a Dor“;
Wikipedia: “Afta“.


14 Responses to “Aftas e afins… fazer o quê?!”


  • P/ afta eu táco bicarbonato de sódio, arde pacas mas sara rapidão!
  • Oi Renata!

    Uau! 8-O Que coragem! Hehehe, as vezes quando já não suporto mais a afta me irritando apelo para este tipo de tratamento, na hora dói pra caramba, mas depois parece que dá um alívio…. :-)

  • A melhor coisa para afta que já experimentei na minha vida é o tal ácido que só os dentistas têm acesso. É uma gotinha em cima, esperar um pouquinho e retirar a pele esbranquiçada que remove a afta. Nas piores, é possível que tenha-se que repetir a dose. Para mim que, às vezes, preciso curar as aftas instantaneamente – sou saxofonista -, não há coisa melhor.
  • Olá Marcio!

    Bem lembrado! E se não me falha a memória esse ácido também tem a venda nas farmácias, só não me lembro exatamente do nome. Santo remédio, ainda mais para você que toca saxofone. :-)

  • MARIANA BORGES ALVES
    EU PASSEI ESSE BICARBONATO E NAO ADIANTOU E PASSI TANBEM ÁCIDO,
    EU ACHO QUE NAO TA ADIANTANDO E PORQUE EU TO COM AFTA FARA DA BOCA
    PORISO QUE NAO ADIANTA ME OUTRA SUSJESTAO TÁ……
  • uma vez taquei sal puro e diluído na água e alivou a dor pra escovar os dentes
  • Que radical, hein Nene?! Hehehe, mas uma vez também fiquei muito revoltado e tasquei merthiolate em cima, na hora ardeu pra caramba, mas depois foi um alivio só… :lol:
  • Ola, tenho aftas direto eu uso um santo remédio que se chama albocrasil (vendas em todos as farmacia).
  • Sou estudante de Biologia e… colocar bicarbonatosó serve para um alívio temporário e ela voltará…o melhor e correto é se cuidar na alimentação,pois é um gás ácido do estômago, ingerir diariamente vitamina B2 como leite, queijo, carnes magras…e com vitamina c, como couve, goiaba… que acarreta em menores aparecimentos… E quando aparecerem, use como alívio os enxaguantes antisépticos…Abraços
  • Olá Gente!
    Nossa, minha vida toda tive aftas. De uns tempos pra cá graças a deus sumiram. É só eu comer coisas ácidas…pronto. Já usei e fis de tudo. Ultimamente…uso um analgésico e ao dormir coloco uma pomada chamada “Omocilon A” Dá certo.
  • Nossa! Faz tempo este post, porém é um tema sempre atual. Muito boa, a descrição do mote! E, junto com os comentários, nos esclarece que o problema é mais comum do que se possa imaginar. Obrigado.
  • Estava com a garganta inflamada a 10 dias, agora melhorou a inflamação, mas apareceu muitas bolhas que parece com afta mas na regia da garganta nao estou aguentando de dor o que devo fazer? Pois incomoda demais.
  • pra quem tem duvida pra essas coisas de afta, o bom é passar um bicarbonato de sódio, arde muuuuuito, mais depois passa. o segredo pra pelo menos aliviar a dor eu passo pasta de dente que para de doer. pode nao diminuir ao chegar a desaparecer mais que a dor passa, passa! o remédio que eu recomento é o Bismu-jet que você passa em algumas gotas na afta e em poucos dias sara.
  • Eu passo aftne, é um remedio encontrado nas farmácias, émuito bom só tem que ser usado assim que a afta surge, no maximo até o terceiro dia caso contrario não funciona,
    É ótimo!!!

Leave a Reply

*