Contém glútem…

Você sabe o que é a doença celíaca?

Gluten Free Aisle
Creative Commons License photo credit: Whatsername?

Contém glútem ou não contém glútem? Eis a questão… :-? até conhecer pessoas que sofriam da doença celíaca e obter mais informações a respeito, para meu olhar de leigo pelas prateleiras do supermercado, a informação “contém glútem” ou “não contém glútem” nas embalagens não passava de um simples componente ingrediente, que sei lá, algo parecido como contém vitamina “x” ou algo do tipo que agregasse mais valor a um determinado tipo de produto. E é a essa mesma conclusão que chegou a Segunda Turma do Superior Tribunal de Justiça ao determinar que embalagens de alimentos[bb] que contenham glúten devem não apenas comunicar a presença da substância, mas também informar sobre a doença celíaca, que constitui uma intolerância a essa proteína. Segundo a reportagem da Agência Brasil:

Para o MP, os celíacos (portadores dessa intolerância) têm direito a serem informados e advertidos claramente dos riscos dos produtos e que apenas a expressão “contém glúten” seria insuficiente. Alimentos que contém glúten são derivados de trigo, cevada e aveia.

A nutricionista Elisa Fernanda Silva afirma que a inclusão da inscrição “contém glúten” nas embalagens é antiga e causou certa confusão na época em que começou a ser adotada. Segundo ela, os consumidores passaram a associar a substância a algo que seria uma qualidade ou um defeito do alimento. “As pessoas diziam, não tem glúten então não é bom, ou até mesmo, é melhor porque contém glúten”, disse.

De acordo com a especialista, o consumo de glúten em pacientes celíacos pode acarretar em problemas como diarreia e perda de peso.

A intenção de colocar mais informações a respeito da doença celíaca é válida, pois muitas vezes os sintomas da doença são variáveis e confundidos com outras enfermidades o que leva o paciente a receber outro tipo de tratamento. Algumas pessoas tem a doença e muitas vezes nem sabe… :-|

O que é a doença celíaca? A FENACELBRA (Federação Nacional das Associações de Celíacos do Brasil), define a doença celíaca como:

A doença celíaca é uma condição crônica que afeta principalmente o  intestino delgado. É uma intolerância  permanente ao glúten, uma proteína encontrada no trigo, centeio, cevada, aveia e malte. Nos indivíduos afetados, a ingestão de glúten causa danos às pequenas  protrusões, ou vilos, que revestem a parede do intestino delgado. Esta condição possui outros nomes, tais como espru celíaco e enteropatia glúten-sensível. A doença celíaca é considerada uma desordem autoimune, na qual o organismo ataca a si mesmo. Os sintomas podem surgir em qualquer idade após o glúten ser introduzido na dieta.

Quais são os sintomas da doença celíaca? Os sintomas intestinais incluem diarréia crônica ou prisão de ventre, inchaço e flatulência, irritabilidade, e pouco ganho de peso. Os pacientes podem apresentar atraso de crescimento e da puberdade, anemia da carência de ferro, osteopenia ou osteoporose, exames anormais de fígado, e uma erupção na pele que faz coçar chamada dermatite herpetiforme. A doença celíaca[bb] também pode não apresentar nenhum sintoma.

Como a doença celíaca é diagnosticada? A doença celíaca pode levar anos para ser  diagnosticada. Os exames de sangue são muito utilizados na detecção da doença celíaca. Os exames do anticorpo anti-transglutaminase tecidular (AAT) e do anticorpo anti-endomício (AAE) são altamente precisos e confiáveis, mas insuficientes para um diagnóstico.  A doença celíaca deve ser confirmada encontrando-se certas mudanças nos vilos que revestem a parede do intestino delgado. Para ver essas mudanças, uma amostra de tecido do intestino delgado é colhida através de um procedimento chamado endoscopia com biópsia. (Um instrumento flexível como uma sonda é inserido através da boca, passa pela garganta e pelo estômago, e chega ao intestino delgado para obter pequenas amostras de tecido).

Vídeo do Fantástico com o doutor Drauzio Varela sobre a intolerância a alimentos que contém o glútem:

:idea: E o tratamento basicamente é: ficar longe de tudo que contém glútem. Nossa! 8-O Nem sei como eu sobreviveria tendo que evitar comer massas, bolos, biscoitos, cereais, etc… seria uma tristeza… :-(

Fontes:
Agência Brasil: “Embalagem de alimentos que contêm glúten deve alertar sobre doença celíaca, diz STJ“;
Federação Nacional das Associações de Celíacos do Brasil: “FENACELBRA“;
Fantástico (13/12/2009): Intolerância ao glúten afeta 1 milhão de brasileiros“.

Intolerância ao glúten afeta 1 milhão de brasileiros


0 Responses to “Contém glútem…”


  • No Comments

Leave a Reply

*